Uma lembrancinha original, deliciosa e francesa de tão chi-que!

Uma lembrancinha original, deliciosa e francesa de tão chi-que!

Por Glau

 

Daí que com todo esse resgate das festinhas feitas em casa, a pessoa se pergunta:

Mas e a lembrancinha? Precisa ser feita em casa também?

Olha, precisar não precisa.

Mas se você quiser uma lembrancinha original, deliciosa e chi-que demais, amiga, vá de caramelos.

Mas não vá de qualquer caramelo.

Vá de caramelos de baunilha com flor de sal.

A flor de sal (ou fleur de sel, se for pra falar fazendo biquinho) é um sal metido à besta top de linha, extraído das camadas superiores das salinas.

Um sal com um sabor especial, rico em minerais e super utilizado na alta gastronomia.

A flor de sal mais tradicional do mundo é a francesa, extraída da região da Bretanha. Mas ela vem sendo produzida também no Brasil, alô Rio Grande do Norte!

E se ainda dá pra melhorar: apesar de parecer complicada, essa não é uma receita difícil! (*)

Olha ela aqui:

Caramelos de baunilha com flor de sal

– 180ml de creme de leite fresco

– 1 fava de baunilha

– 1/2 colher (chá) de flor de sal (ou uma pitada de sal de mesa) e mais um pouco para polvilhar.

– 1/2 xícara de glucose de milho (Karo)

– 1 xícara de açúcar

– 4 colheres (sopa) de manteiga (60g)

***

Como fazer?

1) Pegue uma forma de bolo inglês, cubra bem com papel alumínio e depois unte com bastante manteiga.

2) Abra a fava da baunilha e com a pontinha da faca retire as sementinhas. Numa panelinha, coloque o creme de leite, a baunilha (tanto as sementinhas quanto a fava), metade da manteiga e a flor de sal, leve para o fogo até levantar fervura. Desligue e reserve.

3) Numa outra panela, coloque a glucose de milho e o açúcar e misture bem. Ligue o gás (deixei bem baixo) e acompanhe a temperatura, deverá chegar aos 150 graus. Se por acaso, alguma parte começar a ficar mais douradinha, apenas “rode” a panela, não mexa com colher, ok? Quando atingir a temperatura, desligue o fogo.

4) Com cuidado acrescente a mistura do creme de leite (exceto a fava), misture para homogenizar. Ligue o gás novamente e mexa de vez enquando. Quando a temperatura atingir 127 graus desligue, adicione o restante da manteiga e mexa bem.

5) Passe o caramelo para a forma.

6) Passados 10 minutos polvilhe mais flor de sal

7) Deixe esfriar completamente. Retire a barra da forma e tire todo o papel alumínio

8) Corte com uma faca bem afiada e corte em pedacinhos. Pode enrolar no papel celofane (não tinha)

* receita originalmente publicada aqui.

***

Esta receita rendeu 60 balinhas.

Os caramelos podem ser guardados em recipente fechado por até 1 mês.

E vejam que lembrancinha mais linda!

Glau é  fotógrafa e psicóloga aposentada, que se aventura no Planalto Central. Ela divide receitas incríveis no seu blog, o Quitandoca.