Rio de Janeiro (e mais samba de graça pra você e pro bebê!)

Rio de Janeiro (e mais samba de graça pra você e pro bebê!)

Hoje é o último dia do especial Minha Mãe Adora Viajar.

Espero que tenham gostado, tenham considerado novos destinos pra viajar, e, mais do que isso, tenham aproveitado para saber um pouco mais dessas mães moradoras dos quatro cantos desse mundão de deus nosso.

Fiquei sabendo, inclusive, que duas mães desbravadoras estão programando um MMqD Home Exchange, olha que emoção! Queremos fotos pra publicar aqui, hein suas mamães trocadoras de domicílios?

E pra encerrar o especial, aumenta o som porque…

Minha alma canta, vejo o Rio de Janeiro

Estou morrendo de saudades

Rio , seu mar, praia sem fim

Rio, você foi feito pra mim

Com vocês, Mari Hart.

***

Sou uma das milhões de pessoas do mundo inteiro, apaixonadas pela cidade do Rio de Janeiro.

Aquele amor assumido, mas não cego – que nos impede de ver os defeitos do que se ama. Como mãe, vivo atenta aos pós e contras da cidade maravilhosa.

Sou carioquíssima até o último fio de cabelo, e meus 3 filhos também. E fazer turismo onde se mora é o que há! E se puder ir com as crianças a tiracolo, vira nosso programa preferido! Cultura, natureza, muita alegria e o melhor: gastando muito pouco! Confiram!

 Praia de Ipanema/Arpoador

A praia de Ipanema, localizada na Zona Sul da cidade, não é conhecida apenas pela música de Tom e Vinícius, que homenagearam a beleza da carioca no seu vai e vem nas areias. É muito mais! Respira saúde, a ciclovia é um pedido a umas pedaladas, no calçadão vemos famílias inteiras, e aos domingos e feriados, a rua fica fechada dando liberdade as crianças. Seja correndo, de bicicleta, skate ou patinete, tanto faz. No cantinho adormece uma jóia rara: As pedras do Arpoador. O pôr do sol nas Pedras é um programa imperdível e o melhor, não custa nada! Sugiro um matte leão bem gelado e um biscoito ‘O Globo’ para acompanhar. E prepare as crianças para as palmas dos frequentadores quando o sol se for. Um verdadeiro espetáculo natural!

Pão de Açúcar

Na Urca, bairro militar cercado pelo exército, o Pão de Acúcar é conhecido por todos. Seu bondinho que faz a ligação entre os dois morros, acredite se quiser, é um dos mais seguros pontos turísticos do mundo! O frio na barriga na subida é inevitável, mas eu diria que é um ingrediente a mais nessa emoção! Além do visual quase indescritível, com a possibilidade de ver a cidade de cima, estrutura e organização completam o passeio. Tudo o que mais queremos e desejamos aos nossos filhos. Lanchonetes, restaurantes, sorvetes e lojas do alto de mais um presente da natureza ao Rio de Janeiro.

Parque Lage

Não é apenas um Parque como o nome diz, é um lugar centenário, feito de história. Tombado como patrimônio histórico, encontramos no Parque lage um antigo calabouço dos escravos, grutas, jardins, lagos, ruínas e uma mansão. Hoje em dia funciona a “Escola de Artes Visuais” e tem o café da manhã mais disputado da cidade, que fica no pátio do casarão em frente a piscina no embalo de música ao vivo até o meio-dia! Mistura de arte, contato direto com a natureza, história e gastronomia, só pode dar em coisa boa! Lá foi realizado o Mamaço Carioca, e eu estive presente com meus 3 filhos! A entrada é franca.

Lagoa

Bem pertinho do Parque Lage, fica a Lagoa Rodrigo de Freitas. Rodeada de quiosques, aluguel de bicicletas de diversos modelos e tipos, brincadeiras como piscina de bolas e até pescaria (de verdade!) no píer, agitam o lugar. E há quem se aventure nos pedalinhos nas águas, a criançada simplesmente ama! Quem duvida?!

Prainha

“Do Leme ao Pontal… não há nada igual.” Peço licença ao autor da música para mostrar um paraíso escondido. Depois do Pontal, existe a Prainha! Ponto de encontro dos surfistas, cercada de pedras por todos os lados, a Prainha é uma paixão! O respeito entre os frequentadores e o habitat, limpeza e cidadania existem sim, e como é bom mostrar isso às nossas crianças! E como o sol e calor pedem uma comidinha leve, o restaurante no Mirante é rústico, com atendimento bom e simples, vista privilegiada e parquinho para a criançada. Pedro ficou encantado com a Branca de Neve!

 Jardim Botânico

Mais um parque de reserva ambiental carioca. O JB do Rio de Janeiro é o lugar preferido de 9 entre 10 carioquinhas. Parquinho, lanchonete, exposição de plantas, orquidário, lagos, chafariz, riachos, animais a solta como micos, macacos, capivaras, tucanos e tartarugas e muito espaço para correr e se sujar muito de terra!

Forte de Copacabana

Abriga o museu do exército, fica em uma sacada para a praia de Copa. Sempre com muita programação para as crianças, de música a teatro infantil, elas não se encantam só os canhões expostos, ficam soltas com tranquilidade. Um café e uma confeitaria tradicional nos servem bem. E o visual e brisa fresca, sem igual!

Corcovado

E para fechar essa série, só poderia ser o Cristo Redentor, de braços abertos! O título de 8ª maravilha do mundo não é a toa. Para começar, o legal é pegar o bondinho para chegar ao topo. Pode-se chegar de carro, ônibus especiais e até vans como transporte alternativo, mas o bonde é um charme a mais e, no mínimo, o balancê irá arrancar boas risadas dos pequenos! São 15 minutos de subida íngreme e lenta, mas nada cansativa.

E ao chegar… ai, ai, ai!!! Sem nenhuma pitada de exagero, impossível um coração não bater mais forte diante da visão de 360º do RJ. Encantador!

 

Eu poderia citar dezenas de lugares maravilhosos por onde já passei, sozinha ou com as crianças, alguns conhecidos por cartões postais e outros nem tanto. Mas como a 8ª maravilha do mundo está aqui, estas são as 8 maravilhas do RJ, por mim mesma. Não necessariamente nesta sequência, a ordem dos fatores não altera o resultado final, que garanto, será maravilhoso! Boa diversão!

Mari Hart é carioca até o último fio de cabelo e é mãe-polvo de três filhotes. Tem alma de artista e tira fotos belíssimas, como essas que ilustraram esse post. Ela escreve no Diário de uma mãe polvo e expõe seu lindo trabalho aqui.

***

E o Sambebê não ia deixar os bebês cariocas de fora dessa e está sorteando 2 ingressos para o evento do dia 20 de novembro. Para participar deixe seu nome aqui nos comentários e torça pra levar seu bebê pra sambar muito – e de graça. Para saber mais sobre o Sambebê, clica aqui no www.sambebe.com.br