Parquinhos chilenos: modelos de respeito à criança

Parquinhos chilenos: modelos de respeito à criança

Por: Cinthia

Há um tempo estou colecionando fotos dos parquinhos infantis chilenos para fazer um post especial lá no meu blog, mas até agora não tinha rolado. Até que cheguei aqui ao MMqD, adorei ver este assunto abordado no Fórum Sanguenozóio (amei este nome!) e achei um excelente lugar para finalmente dividir este assunto com pessoas interessadas.

Bom, estou morando no Chile este ano e viajando muito pelo país com meu marido e nossa filha de 5 anos.

Por onde andamos, encontramos parquinhos muito bacanas e super bem cuidados.

Isto ajuda muito pais turistas, pois sempre é uma paradinha estratégica no meio dos passeios. Para os moradores, nem se fala: diversão garantida, segura e grátis!

Moramos em Viña del Mar, cuja orla já é um assombro! Se existisse qualquer coisa parecida no Rio, seríamos imensamente felizes: lindos parquinhos coloridos, um atrás do outro.

Sofia se divertindo em um dos parquinhos da orla

Orla de Viña: parquinho infantil - Parquinho moderno - extensão da orla de Viña

Orla de Viña: parquinho infantil - Parquinho moderno - extensão da orla de Viña

Além disto, tem toda a parte esportiva: ciclovia, pista para corrida e aparelhos para exercícios. Tudo sempre muitíssimo bem cuidado – sempre vejo fiscais passando e, se algo quebra, é rapidamente consertado. Como se não bastasse, o pano de fundo é o Oceano Pacífico e os lindos jardins da cidade.

Nos finais de semana e no verão, a orla ganha ainda mais vida, com brinquedos infláveis, camas elásticas (estes dois são pagos), teatros de marionete de rua.

Vamos com bastante frequência a Santiago, onde o cenário se repete: você sempre encontra um parquinho, capaz de salvar o programa em família, uns mais simples, outros ultra modernos, dependendo do bairro.  Os mais novos têm cara super high tech e piso emborrachado. Demais!

Parque Bicentenário: modernidade e piso emborrachado

Parque Bicentenário: modernidade e piso emborrachado

 

Plaza Perú, bairro Las Condes - Santiago

Plaza Perú, bairro Las Condes - Santiago

Agora, uma coisa que nunca tinha visto e que muito me impressionou foi um parquinho para crianças com deficiência no novíssimo Parque Bicentenário, no bairro de Vitacura, também em Santiago.

O lugar é lindíssimo e, oferecer algo deste nível, é um detalhe que transmite muito respeito do poder público a seus cidadãos e a suas crianças, os cidadãos do futuro.

Balanço e brinquedo de mola adaptado na área especial

Balanço e brinquedo de mola adaptado na área especial

Você percebe que este cuidado com a criança é cultural quando o cenário se repete de Norte a Sul do País, chegando até à longínqua Ilha de Páscoa, no meio do nada.

Ilha de Páscoa

Ilha de Páscoa

Ilha de Páscoa - Não resisti...

Frutillar, no Sul, com vulcão Osorno ao fundo

Frutillar, no Sul, com vulcão Osorno ao fundo

É isto! Fica registrado e bem que poderia servir de modelo para nossas autoridades brasileñas.

.:.
Cinthia,  mãe de uma menina de 5 anos, que tinha uma vida frenética em uma multinacional na área de marketing, no Rio,  até que, em 2011, parou tudo ao receber uma proposta inesperada do marido: Passar um ano morando no Chile, grudada na pequena, conhecendo uma nova cultura, descobrindo lindos lugares e vivendo uma experiência em família única! Ela conta um pouco pra gente dessa nova vida no blog: Chile para crianças.