E mãe tem férias, por acaso?

E mãe tem férias, por acaso?

Por: Juliana Ramos

Sou professora de sapateado e trabalho em uma escola. Por isso saio de férias junto com meus filhos.

A definição de férias para mim era muito diferente há um looongo tempo atrás: Não fazer nada, ou fazer o que eu bem entender a qualquer hora.

Tenho 3 filhos e o que eu mais faço durante as férias (fora as mega arrumações na casa) é atender aos seus 10.000.000.000 de pedidos e desejos…

– Mãe, posso chamar meu amigo aqui?

– Vamos pro clube hoje?

– Ah… Você falou que a gente ia pra praia…

– Vamos fazer uma cabaninha?

– Liga para a mãe dele e pede para ele dormir aqui?

– Posso ir na casa das minhas primas?

E eu? Necas.

Não vejo UM filme sequer que não seja de classificação LIVRE.

Não como em lugares de gente grande e muito menos consigo ler os 3 livros que eu sempre juro que darei conta nas férias.

Claro que é uma situação privilegiada, eu sei. E adoro não ter horário e fugir da rotina.

Mas, não aceito a frase: “Ai, que inveja de você!” de quem não tem filho. Não das minhas férias…

Amiga, você tem 30 dias para fazer O QUE TE DER NA TELHA.

Alguma mãe lembra o que é isso?

.:.

Juliana Ramos – Professora de sapateado e mãe de 3 bagunceiros…e que fique BEM claro: com 33 anos!!! Autora do blog: “Diário de uma MÃE com mais de 30″. Se você ainda não conhece , passa lá!