De onde vem a calma

De onde vem a calma

Por: Carol Pacheco

Pelo que tenho entendido depois de passar 7 meses escrevendo um blog sobre quase-maternidade, o melhor pró-concepcional que alguém pode tomar se chama CALMA.

Só que, diferente da pílula que me salvou da gravidez indesejada por longos 11 anos, CALMA não vende na farmácia. E sempre que falo pra alguém que tô tentando engravidar a alguns meses e que to meio frustrada que ainda não rolou, a primeira coisa que a maioria dos interlocutores responde é isso:
Fica calma que vai rolar!
Esquece o assunto!
Pensa em outra coisa!
Aguarda que a natureza é sábia!
O baby vai rolar na hora certa!
Daqui a pouco você esquece tudo isso!

Ok, entendi.

Só que fico pensando: como faz pra não ficar ansiosa? Teve uma época que eu tava ansiosa porque não podia mais ficar ansiosa. Tendeu? Eu não! E endoideci! Mas nunca ninguém deixou de me aconselhar isso, então não é possível que o mundo esteja louco e eu seja a única normal. O povo tem razão, amigas treinantes. Eu nem engravidei ainda, mas já sei que eles tão é certos. Fico até me vendo num futuro próximo, dizendo pras calouras: “ah minha filha, eu também era assim, mas olha, ficar calma é a chave de tudo!”. E me vejo rindo por dentro de satisfação de finalmente poder repetir o conselho que eu tanto ouvi e não quis acreditar.

Mas aí, voltemos à questão: como faz pra relaxar mesmo? Sei não. Mas já tentei vários métodos e compartilho alguns em formato de conselhos (aqueles que se fossem bons, a gente vendia):

• Viaje – marque uma bela e cara viagem. Sijoga como sifosse a última viagem da vida.
• Compre um bichinho de estimação (e brinque de sling com ele, dica da Natalia)
• Faça um curso – de preferência um que você goste de verdade, não esses pra botar no currículo. Artes, manualidades, fotografia, sei lá.
• Fale de outros assuntos
• Pense em outros assuntos
• Faça novos amigos – mas não vale fazer novos amigos no blog de maternidade, eles são que nem você e só sabem falar do tema proibido (ooooops)
• Matricule-se na ginástica
• Matricule-se na yoga
• Mude o corte de cabelo
• Compre roupas novas
• Faça uma lista de tudo que está por fazer em casa e faça de verdade
• Viva vida de casalzinho com seu marido
• Transe em todos os lugares da casa, mas não fique pensando em fecundação acontecendo logo depois que ele gozar
• Bagunce a casa
• Olhe a casa bagunçada e refaça a lista de coisas por fazer
• Passe longe de lojas de bebê
• Longe dos próprios bebês
• Longe de mulheres grávidas
• Ande por aí de olhos fechados, melhor, mais eficaz.

Ou sejE, né gente: tem um quê de absurdo nisso tudo. Sim, muuitas coisas dessa lista eu já fiz e outras tô tentando, de verdade. Outras, não.

E finalmente, tenho uma opinião sobre o assunto: realmente acho absurdo isso de “só fica grávida quem fica calma”. Acho uma violência ficar tentando ser uma coisa que não sou. Oi, muito prazer, meu nome é Carolina e eu sou ansiosa! E sempre fui com tudo que envolvia grandes mudanças na minha vida, é muito difícil pensar que agora seria diferente. Acho perfeitamente natural estar tensa.

Tenho lido um monte de blog de companheiras de luta (amei essa expressão, vou incorporar) e todas se culpando por estarem sofrendo. Não gente, não façam isso. Sofram, pô. Tava querendo engravidar e não engravidou, vai fazer o que? Comemorar? “Oba, mais um mês que eu posso encher a cara e viver minha vida de casalzinho com o marido!!”.

Eu hein.

Cadê o estudo comprovando que só mulheres zen engravidam? As ansiosas não engravidam não? Concordo que talvez o processo fique menos sofrido e mais prazeroso uma vez que você consegue relaxar. Então é isso que estou buscando pra mim. Aproveitar essa fase da minha vida com tudo que ela tem direito: decepcionada quando vem a menstruação, animada pelo período fértil, ansiosa pra menstruação não chegar. Pensando muito em baby-assuntos e as vésperas de receber uma noticia que vai mudar a minha vida completamente!

E esse post é pra vocês, gatas, minhas amigas tentantes. Sijoguem na ansiedade, se sentirem vontade. E fiquem tranquilas que, assim que virem as duas listrinhas no teste de farmácia, o primeiro hormônio que o corpo deve produzir chama Desmemoriol e te fará esquecer de tudo isso, tá?

E juro, só de pensar que eu POSSO SIM ficar nervosa, já me acalmei.

 

Post originalmente escrito em março/2010

 

Carol. Bobinha. Jornalista. Quase fotógrafa. Carioca. Moradora da Argentina. Blogueira. Mommy do Lucas, de 11 meses. E grávida do segundo filho!