Conheça Bali e leve toda a família. É divertido e barato!

Conheça Bali e leve toda a família. É divertido e barato!

Por: Maria Clara

Bali é um lugar super badalado. Tem muito pouco a ver com aquele filme famoso da Julia Roberts. Ainda bem. Não faltam opções de resorts para famílias com filhos pequenos, não tão pequenos e grandes. O melhor: a preço de banana. Não fosse a passagem até lá, um fim de semana em Bali sairia mais em conta que visitar os parentes no interior do estado.

Os Resorts ficam do ladinho da cidade ou no centro da muvuca. Ainda assim, dá para esquecer do mundo dentro do hotel, na sauna, piscina ou esparramando-se numa mesa de massagem, enquanto os filhos se divertem na brinquedoteca.

Dá pra sair para perambular pelas ruazinhas entulhadas de gente, roupa, comida, artesanato, prata e mais gente. Será difícil se locomover com carrinho de bebê pelas tortuosas e estreitas vias, mas dá para fazer como os locais e arrumar um sling balinesco (que tal?) para pendurar a cria num passeio em meio a cores e odores. Mas tenha cuidado com as motos. Elas vêm de todos os lados.

Filhos maiores podem deixar mamãe e papai passearem tranquilos ao aproveitar as inúmeras atividades que os hoteis organizam para entretê-los. Tem mergulho, surf, ginástica, música. Está tudo incluído no preço!

Além de descanso e compras, não perca a chance de conhecer um pouco da cultura local. Isso inclui visitas a templos budistas e a plantações de arroz. Na recepção dos hoteis é possível alugar um guia que ficará o dia a disposição da família por cerca de 15 dólares! E fará um tour de carro pelas principais atrações da ilha.

No Brasil, eu nunca reparei em plantação de arroz. Para mim, era como qualquer outra plantação. Aqui, há todo um charme. Nas plantações de arroz daqui tem aqueles típicos agricultores chineses (só que aqui são indonésios, veja só!) com aqueles chapeuzinhos triangulares na cabeça, sabe qual?

Papai Pedro com João pela praia privada do Novotel em Lombok, ilha vizinha a Bali.

O máximo. A gente se dá conta de que está na Ásia. No caminho, é bem possível avistar um vulcão na paisagem.

Ainda tem as praias. Essas, desculpe-me decepcioná-la, cara mãe colega, mas aqui não é lá grandes coisas. Verdade verdadeira é que as praias do Brasil não ficam atrás e, olha, acho que saem na frente. As mais bonitas daqui, as bem bonitas mesmo, são típicas praias de surfe, com ondas ferozes, naquele grau que mães e pais com filhos pequenos não podem nem passar perto. Ainda mais que o acesso a elas é bem complicado.

Mas não desanime, para compensar, leve a família ao templo Pura Luhur Uluwatu. Fica a beira de um precipício com uma linda praia (dessas de surfista) lá em baixo. Não dá para levar os pequenininhos para um banho de mar ali, mas a família poderá assistir a uma apresentação folclórica ao pôr do sol, com uma deslumbrante vista ao fundo. É imperdível e ninguém vai querer estar na praia!

E, se você não abre mão das praias balinescas da sua imaginação, vá para a ilha ao lado: Lombok. Sombra e água fresca e lindas, lindas praias de águas tranquilas como as de um rio.

Lombok não tem muitas opções de resorts e hoteis. Aliás, tem uma. O Novotel. Tem outras, mas se você veio até aqui par ver praia bonita, então tem só essa mesmo. E vale a pena, a viagem longa e cada centavinho. É um super resort, com tudo planejado para impactar o mínimo possível no meio ambiente. Mas muito mais importante que isso é que eles fazem comida de bebê se você pedir. Os indonésios adoram crianças e até me deixaram invadir a cozinha do resort para preparar eu mesma o papá do pequeno. E olha, a cozinha era limpa!! Quer mais o quê? Vem logo, colega!

Novotel, Lombok

Sobre resorts com atividadaes para crianças. + info

Sobre Bali para a família. + info

Se estiver na Ásia, compre passagens baratas aqui: www.airasia.com

.:.

Maria Clara Machado escreve o Meu Menino Tigre. Mora em Jacarta com o marido, Pedro, o filho João, e adora viajar por aí com os dois.