O blog

Oficinas Criativas: Cobrinha Maluca

Oficinas Criativas: Cobrinha Maluca

Por: Paula Martins Quer aprender a fazer uma cobrinha maluca? Com poucos materiais e a imaginação dos pequenos, vocês podem fazer juntos uma cobrinha maluca e garantir a diversão da turma!   Paula Martins é publicitária, artista, fotógrafa, mãe da Gabi e louca por inventar…

Continue lendo →

Oficinas Criativas: Língua de Livro

Oficinas Criativas: Língua de Livro

Por: Paula Martins Se livro tem orelha, por que não pode ter língua? A gente vai ensinar aqui como fazer uma divertida língua de livro, pra acompanhar as mil e uma histórias dos pequenos! Você pode até fazer línguas diferentes: um monstro horripilante para as histórias…

Continue lendo →

Pão de beterraba

Pão de beterraba

Por: Mariana Pelozio Sempre que me perguntam: “o que fazer com os pequenos que não querem comer legumes nem com reza brava???”, eu digo que uma série de coisas são importantes para ajudar no hábito alimentar das crianças. Primeiro de tudo: os pais comem bem?…

Continue lendo →

Natal rima com criança

Natal rima com criança

Por: Manu Mitre Notícia boa: quem tem filho pequeno também pode ter árvore de Natal! E o melhor é que isso pode virar até brincadeira e deixar o clima natalino contagiar toda a família. Separei algumas ideias para inspirar vocês e deixar a criatividade tomar…

Continue lendo →

“Literatura não tem que ensinar nada; por isso, ensina tudo”

“Literatura não tem que ensinar nada; por isso, ensina tudo”

Por: Natalie Catuogno Foi contando histórias para crianças, em 1992, como estagiário de psicologia, que Ilan Brenman, 39, descobriu a paixão pela literatura infantojuvenil. Seguiu com seu curso, depois fez mestrado e doutorado, mas a literatura virou seu ofício. “Minha vida sempre esteve rodeada por…

Continue lendo →

Sala bonita onde criança também entra

Sala bonita onde criança também entra

Por: Manu Mitre A casa da minha avó tinha uma sala de visitas. Cheia de fotos de parentes já falecidos, objetos de vidro e porcelana herdados de não sei quantas gerações, móveis antigos sempre protegidos por um tecido sem graça. Eram tantas memórias que corriam…

Continue lendo →

1  de  2 1 2