O blog

Por que (sinceramente) você quis ter um filho?

Por que (sinceramente) você quis ter um filho?

Por: Nívea Salgado Antes de ser mãe, quando ouvia uma mulher dizer que não queria ter filhos, por não imaginar sua vida modificada por eles, eu pensava com meus botões que se tratava de uma “egoísta de marca maior”. Confesso que na minha cabeça ser…

Continue lendo →

Por que eu decidi ter um filho (ou dois, ou três…)?

Por que eu decidi ter um filho (ou dois, ou três…)?

“Ontem, conversando com uma colega de trabalho, comentei que eu tenho uma ótima relação com minhas irmãs e pensava em dar um irmãozinho para minha filha para que ela pudesse vivenciar isso tb. Aí escutei : mas isso não é motivo pra vc ter outro…

Continue lendo →

A importância do brincar – Porque brincar é coisa séria!

A importância do brincar – Porque brincar é coisa séria!

Por: Talita Guedes Bittioli   Só as crianças sabem o que procuram, disse o principezinho. Perdem tempo com uma boneca de pano, e a boneca se torna muito importante, e choram quando a gente toma… – Elas são felizes… disse o guarda-chaves. (O pequeno príncipe…

Continue lendo →

Educar sem a força é possível?

Educar sem a força é possível?

Por: Gisa Hangai Vivemos hoje em uma sociedade extremamente estressada. Tudo tem que ser “ótimo” e tudo “pra ontem”. A urgência em tudo nos deixa cada vez mais agitados e menos tolerantes. Somado a isso, temos a grande responsabilidade de educar nossos filhos para o…

Continue lendo →

Sobre a arte de educar

Sobre a arte de educar

Por: Daniela Policarpo Quando se trata da criação do meu filho, eu só tenho uma certeza na vida: eu quero fazer tudo diferente. Eu quero ter novas datas comemorativas e novas formas de comemorá-las, quero novos marcos de desenvolvimento, novos paradigmas, novas formas de encarar…

Continue lendo →

Era uma vez um troninho de madeira …

Era uma vez um troninho de madeira …

Por: Marisa Silveira Meu filho usa o penico desde quando tinha seis meses. Não estava nos nossos planos colocá-lo no penico tão cedo, mas ele mesmo nos incentivou. Quando o Eduardo estava com cerca de quatro meses, comecei a notar que ele fazia o número…

Continue lendo →

5  de  36 ← Primeira ... 3 4 5 6 7 ... Última →