Aprendendo e ensinando a comer

Aprendendo e ensinando a comer

Por: Gabriela Kapim

 

Esses dias me dei conta de como é difícil achar uma família que jante ou almoce junto.

Quando eu chego na casa de um cliente, que quer minha ajuda para seu filho comer melhor, uma das primeiras perguntas que eu faço, é se a família faz alguma refeição junta. Normalmente a resposta é negativa, e vem sempre seguida de alguma justificativa: Eu chego tarde do trabalho, eu não almoço em casa, eles não comem a mesma comida que a gente… E ai eu fico pensando, como essas crianças vão aprender a comer?

É, porque a melhor forma da criança aprender é através de exemplos e observação. As crianças são reflexos do comportamento e das atitudes que eles observam.

Alguém fica mexendo nas pernas de um bebê, colocando uma na frente da outra para que ele aprenda como deve andar? Não, a não ser que essa criança tenha algum problema físico. Pois bem, o bebê nos observa andando e sozinho começa a se arriscar a dar os primeiros passos. Depois de alguns tombos, e MUITA insistência ele consegue.

Com os alimentos, o pensamento deve seguir pelo mesmo caminho. Quanto mais a criança observar os adultos comendo, mais natural será para essa criança comer como o adulto observado, mesmo que haja alguns “tombos e insistências”.

Fazer refeições junto com as crianças, deve ser um hábito da casa desde que as crianças são bebês. Enquanto o bebê come sua papinha, observa e aprende, sobre comportamento, prazer e satisfação. Mas lembre-se, esse deve ser um momento tranquilo e agradável, caso contrário, será o contrário que você estará ensinando ao seu filho.



Se você gostou desse post, não deixe de ler:

Voucher VALE-UMA-NOITE-DE-SONO-MAMÃE! Vale a sanidade de uma mulher by Mari on August 22nd, 2014

Violência obstétrica - a voz das brasileiras by Mari on December 3rd, 2012

Ainda é normal o parto normal? by Flavia on March 15th, 2013