Natal rima com criança

Natal rima com criança

Por: Manu Mitre

Notícia boa: quem tem filho pequeno também pode ter árvore de Natal! E o melhor é que isso pode virar até brincadeira e deixar o clima natalino contagiar toda a família. Separei algumas ideias para inspirar vocês e deixar a criatividade tomar conta. E se você tiver alguma outra ideia, conta pra todo mundo poder aprender também.

1. Com feltro – não quebra, fácil de guardar para os próximos anos e não ocupa espaço! A criança pode montar, desmontar e redecorar a árvore quantas vezes quiser.

decoração de natal com criança

Muito fácil de fazer, mesmo que você não leve muito jeito pra essas coisas. É só comprar o feltro nas cores desejadas, desenhar os enfeites com caneta no verso (pode usar a boca de um copo para desenhar as bolas) e recortar. Para fixar a árvore na parede você pode usar fita dupla face, dessas de colar posters, ou percevejos chatos de quadro de avisos. Para colar detalhes de feltro sobre feltro use cola quente, e para pregar os enfeites na árvore use velcro no verso de cada enfeite.

As mais prendadas ainda podem fazer uma versão 3D com um cone de feltro e enfeites mais elaborados. Ou ainda criar somente os enfeites, que são inquebráveis e podem decorar a árvore tradicional.

 enfeite de natal que não quebra 2

2. Pintando com pés e mãos. Basta um papel cartão branco, ou mesmo uma folha de papel pardo, e tinta de dedo ou guache. Diversão garantida!

decoração de natal para bebês e crianças

3. Adesivos de vinil. Existem lojas físicas e na internet que vendem adesivos prontos para colar na parede em forma de árvore de Natal. Mas você já viu a variedade incrível de cores e estampas do famoso papel Contact? Sai baratinho e dá pra inventar bastante, não precisa se apegar a círculos distribuídos simetricamente. Faça diferentes formas e crie algo novo e com cara de criança, mesmo.

decoração com papel contact

E aí, dá ou não dá pra ter uma árvore de Natal bem bacana?

Imagens: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |

Manu Mitre é mãe da Alice e designer de interiores. Assim como na maternidade, acredita que na decoração cada um deve fazer o que acredita, sem “certo” ou “errado”. E é sobre isso que ela escreve no Casa da Id&a, seu blog de decoração.

Manu assina esta série de decoração do MMqD.

Twitter: @casadaidea

Facebook: http://www.facebook.com/casadaidea