Desmame noturno: É possível?

Desmame noturno: É possível?

Por: Rosane Baldissera

Quando comecei a trabalhar como consultora em amamentação, nunca pensei que um dia estaria escrevendo sobre desmame noturno. Cada vez mais as mamães têm me procurado pedindo conselhos sobre como fazer para que o bebê pare de mamar à noite.

Durante os três primeiros meses do bebê (ou até mais) é muito normal que ele acorde durante a noite para mamar, uma, duas, três, quatro vezes. Nossa imagino quanto deve ser cansativa essa rotina para as mamães, mas nesse período, não tem como escapar, tem que enfrentar. Ainda mais que é um período de adaptação do bebê.

Depois destes sofridos três meses, cada bebê vai entrando em uma rotina noturna. Alguns passam a dormir a noite toda, outros acordam somente uma vez para mamar e outros continuam acordando várias vezes, principalmente se o bebê dorme junto com a mãe.

Na teoria, se o bebê mama bem durante o dia (isso após o terceiro mês), não necessitaria das mamadas noturnas para completar suas necessidades nutricionais. Mas então, porque ele acorda para mamar? É fome? Fica bem evidente que não.

Muitos bebês acordam e solicitam o seio porque assim sentem-se mais seguros, mais aconchegados, e também porque virou costume. E como sair desta rotina?

Se a mãe não se sente incomodada em acordar à noite para amamentar, tudo bem, a amamentação noturna vai seguir no ritmo do bebê. Mas muitas mamães ficam extremamente esgotadas e decidem parar de amamentar de vez, inclusive no dia. Claro que essa é uma decisão da mãe, mas sempre oriento para que seja feito o desmame somente à noite.

Não existem regras de como fazer o desmame noturno. O mais coerente é não oferecer o seio quando o bebê acorda, somente acalmar e ninar o bebê até que ele durma sem o seio. Isso não é nada fácil, porque nos primeiros dias o bebê vai chorar e muito. O ideal então é ir aos poucos retirando as mamadas, uma de cada vez.

Existem aqueles bebês que, quando a mãe volta a trabalhar, começam a acordar à noite para compensar a ausência da mãe durante o dia, é muito comum e perfeitamente aceitável que isso aconteça.

Pesquisei nas bases científicas e não encontrei nenhum trabalho orientando o desmame noturno. Apenas existe o Plano do Dr. Jay Gordon que ensina como deve ser o treinamento para o desmame noturno (http://solucoes.multiply.com/journal/item/17). Parece funcionar pelos depoimentos postados!

Meninas mamães, como foi a experiência de vocês?

Nutricionista Rosane Baldissera

Consultora em Amamentação – Porto Alegre/RS
Fones: (51) 95329195 ou 91684658
www.mamaebebeamamentação.com

Rosane no MMqD